quinta-feira, julho 30, 2009

Boas novas de Veneza e Toronto

Saiu a lista oficial de filmes da 66ª edição do Festival de Veneza, que acontece de 2 a 12 de setembro. No mesmo mês, o Festival de Toronto também dá o ar de sua graça. Mas com todo o respeito aos canadenses, vamos começar pela cidade mais bonita.

Concorrendo ao Leão de Ouro, temos grandes diretores como Giuseppe Tornatore, com Baaria, Werner Herzog, com Bad Lieutenant, além de filmes esperados como The Road, de John Hillcoat, em seu primeiro teste de verdade para se firmar como um dos favoritos ao Oscar 2010.

Fora de competição, destaque para The Hole, que marca a volta de um diretor que gosto muito: Joe Dante. É o cara responsável por Grito de Horror, Gremlins, Viagem Insólita e Meus Vizinhos São um Terror. Estava sumido. Também temos The Men Who Stare at Goats, de Grant Heslov, o roteirista de Boa Noite e Boa Sorte. O filme, claro, traz o amigo George Clooney no elenco. Tem Steven Soderbergh e Matt Damon, em The Informant!, e Abel Ferrara apresentando seu Napoli Napoli Napoli. Em mostra paralela, o destaque é a presença de duas produções nacionais: O filme Insolação e o documentário Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo. Veja abaixo.



Mostra competitiva

Baaria, de Giuseppe Tornatore (Itália)
Soul Kitchen, de Fatih Akin (Alemanha)
La Doppia Ora, de Giuseppe Capotondi (Itália)
Accident, de Cheang Pou-Soi (China/ Hong Kong)
Persecution, de Patrice Chereau (França)
Lo Spazio Bianco, de Françasca Comencini (Itália)
White Material, de Claire Denis (França)
Mr. Nobody, de Jaco van Dormael (França)
A Single Man, de Tom Ford (EUA)
Lourdes, de Jessica Hausner (Áustria)
Bad Lieutenant, de Werner Herzog (EUA)
The Road, de John Hillcoat (EUA)
Between Two Worlds, de Vimukthi Jayasundara (Sri Lanka)
The Traveller, de Ahmed Maher (Egito)
Lebanon, de Samuel Maoz (Israel)
Capitalism: A Love Story, de Michael Moore (EUA)
Women Without Men, de Shirin Neshat (Alemanha)
Il Grande Sogno, de Michele Placido (Itália)
36 vues du Pic Saint Loup, de Jacques Rivette (França)
Survival of the Dead, de George Romero (EUA)
Life During Wartime, de Todd Solondz (EUA)
Tetsuo The Bullet Man, de Shinya Tsukamoto (Japão)
Prince of Tears, de Yonfan (Hong Kong)

Fora de competição

REC 2, de Jaume Balaguero e Paco Plaza (Espanha)
Chengdu, I Love You, de Fruit Chan e Cui Jian (China)
The Hole, de Joe Dante (EUA)
The Men Who Stare at Goats, de Grant Heslov (EUA)
Scheherazade, Tell Me a Story, de Yousry Nasrallah (Egito)
Yona Yona Penguin, de Rintaro (Japão)
The Informant!, de Steven Soderbergh (EUA)
Napoli Napoli Napoli, de Abel Ferrara (Itália)
Anni Luce, de Françasco Maselli (Itália)
L'oro di Cuba, de Giuliano Montaldo (Itália)
Prove per una tragedia siciliana, de John Turturro e Roman Paska (Itália)
South of the Border, de Oliver Stone (EUA)

Mostra Horizontes

Françasca, de Bobby Paunescu (Romênia)
One-Zero, de Kamla Abou Zekri (Egito)
Buried Secrets, de Raja Amari (Tunísia)
Tender Parasites, de Christian Becker e Oliver Schwabe (Alemanha)
Adrift, de Bui Thac Chuyen (Vietnã)
Crush, de Petr Buslov e outros (Rússia)
Repo Chick, de Alex Cox (EUA)
Engkwentro, de Pepe Diokno (Filipinas)
The Man's Woman and Other Stories, de Amit Dutta (Índia)
Paraiso, de Hector Galvez (Peru)
Io sono l'amore, de Luca Guadagnino (Itália)
Cow, de Guan Hu (China)
Judge, de Liu Jie (China)
Pepperminta, de Pipilotti Rist (Suíça)
Tris di donne e abiti nunziali, de Martina Gedeck (Itália)
Insolação, de Daniela Thomas e Felipe Hirsch (Brasil)
1428, de Du Haibin (China)
Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo, de Marcelo Gomes e Karim Ainouz (Brasil)
Once Upon A Time Proletarian: 12 Tales of a Country, de Guo Xiaolu (China)
Villalobos, de Romuald Karmakar (Alemanha)
Il colore delle parole, de Marco Simon Puccioni (Itália)
The One All Alone, de Frank Scheffer (Holanda)
Toto, de Peter Schreiner (Áustria)



DE VENEZA PARA TORONTO
Irmãos Coen lançam "A Serious Man" no Festival de Toronto. O trailer já está na rede.



Os incansáveis irmãos cineastas (e loucos) Joel Coen e Ethan Coen, criadores de Fargo, Arizona Nunca Mais, Onde os Fracos Não Têm Vez, Barton Fink e Queime Depois de Ler, estão preparados para ver (e ouvir) as primeiras reações de público e crítica a respeito de A Serious Man, o novo trabalho da dupla. A premiére mundial será no Festival de Toronto, em setembro. O filme chega aos cinemas americanos somente em 9 de outubro. No Brasil, em 4 de dezembro. Mas você já pode conferir o trailer. Veja abaixo.


4 Comments:

At 6:14 PM, julho 30, 2009, Blogger Pedro Henrique said...

Sensacional trailer. Não é a melhor preview já feita para um filme dos irmãos, mas é o mais maluco, e isso pode ser um bom sinal. Destaque pra Somebody to Love tocando na finalera...

Abraço!!!

 
At 6:18 PM, julho 30, 2009, Blogger Pedro Henrique said...

- Eu preciso de ajuda!
- O Rabino está ocupado.
- Ele não parece ocupado??!!
- Ele está pensando. hehehehehe

Viva o cinema de alto nível!

 
At 11:06 PM, julho 30, 2009, Anonymous Kamila said...

A seleção do Festival de Veneza não encheu tanto assim meus olhos. Mesmo assim, acho que o festival merece uma conferida. Quero mesmo é ficar de olho em Toronto.

Beijos!

 
At 3:31 PM, julho 31, 2009, Anonymous Vinícius P. said...

Veneza trouxe uma seleção ainda mais alternativa nesse ano. Espero que seja melhor que a do ano passado, quando o Festival foi um relativo fracasso. Estou bem interessado por "The Road", "Bad Lieutenant", "A Single Man", "Capitalism" e "Life During Wartime". Já "A Serious Man" parece ser outro belo filme dos Coen.

 

Postar um comentário

<< Home