quinta-feira, abril 30, 2009

Wolverinenses


Quem já entregou o IR e ainda não pegou a gripe suína está mais do que pronto para encarar a chegada oficial da temporada de filmes bobos e divertidos do verão americano. E neste feriadão já tem baladão nos cinemas com X-Men Origens: Wolverine.

Não importa se um monte de gente acha que o primeiro filme solo de um mutante do clã comandado pelo Professor Xavier é uma bomba. Você só precisa lembrar que Hugh Jackman é um cara legal que precisa do nosso apoio - ainda mais depois de se aventurar pela desastrosa Austrália de Baz Luhrmann. Portanto, vá ao cinema para ajudar o nosso amigo, porque ele é gente boa e o marrento Wolverine é um personagem sensacional cheio de frases chucknorrianas.

Antes de sair de casa, no entanto, acho bom os torcedores do Wolverine terem os filmes anteriores do mutante bem fresquinhos na cabeça. Para ajudar, dê uma olhada abaixo na revisão vapt vupt do Hollywoodiano.




X-Men (2000), de Bryan Singer

Cotação:
Opinião: O diretor Bryan Singer amenizou a grande quantidade de informações dos quadrinhos e abriu o universo dos X-Men para o público geral ao entregar uma ficção científica de ritmo lento (no bom sentido) liderada pelo carisma do "novato" Hugh Jackman e centrada na análise do preconceito. O filme é curto, mas bem-sucedido ao situar o espectador (fã ou não) e prepara terreno para um segundo filme espetacular.
Momento Wolverine: Quebra pau com a Mística, a mulher azul mais bonita do mundo.




X-Men 2 (2003), de Bryan Singer

Cotação:
Opinião: Com personagens já conhecidos pelo público, Singer pôde construir uma aventura empolgante e surpreendente. Tudo é melhor neste filme - as atuações, a direção (Singer muito mais a vontade com total controle criativo), as cenas de ação, o roteiro e os efeitos visuais. O principal ainda é o Wolverine, que está muito mais insano neste filme.
Momento Wolverine: Logan senta a porrada na tropa de elite que invade a mansão dos mutantes na calada da noite.


X-Men: O Confronto Final (2006), de Brett Ratner

Cotação:
Opinião: Como Bryan Singer foi cuidar de Superman - O Retorno, a Fox contratou o picareta Brett Ratner para estragar o que estava indo muito bem. Com muitos personagens para controlar, Ratner cozinha a trama capenga num básico feijão com arroz até chegar na pancadaria final com um Wolverine coadjuvante e chororô.
Momento Wolverine: Nenhum. Se até Hugh Jackman não gostou de ver seu Wolverine como um cãozinho apaixonado de coração amanteigado, quem sou eu para discordar, certo?

16 Comments:

At 4:02 PM, abril 30, 2009, Blogger john said...

estarei lá, mesmo não sendo um surper fã, smepre gostei muito dos filmes do x-men. e é só diverção. legal a revisão.

abraçus

 
At 5:51 PM, abril 30, 2009, Anonymous Vinícius P. said...

Acho que daria uma estrelinha a mais para cada um deles. "X-Men 2" é uma das melhores adaptações de quadrinhos já mostradas pelo cinema, simplesmente memorável. O primeiro também é ótimo, apesar de ter seus defeitos. Já "O Confronto Final" é o mais fraco, mas tem seus momentos...

 
At 5:55 PM, abril 30, 2009, Blogger - cleber . said...

è interessante a trilogia, a história também ... mas poderia ser melhor!

 
At 9:33 PM, abril 30, 2009, Blogger Gustavo H.R. said...

O 2, além de ser o melhor filme, sem dúvida tem mesmo o melhor Wolverine. Difícil discordar.

 
At 11:05 PM, abril 30, 2009, Anonymous Kamila said...

Confesso que vou assistir "Wolverine" por pura falta de opção!!!!

Beijos!!

 
At 12:22 AM, maio 01, 2009, Blogger Ibertson Medeiros said...

Verei domingo, mas acredito que nem precisa rever os filmes anteriores dos mutantes não.

 
At 8:34 AM, maio 01, 2009, Blogger Johnny Strangelove said...

Fique feliz fella ... pior do que o terceiro não é ... mas ainda faltou muita coisa para ser um filmão ...

 
At 10:36 PM, maio 01, 2009, Blogger Weiner said...

X-Men: ** (5,0)
X-Men 2: *** (7,5)
X-Men Confronto Final: ** (5,0)

Deu pra ver que não sou muito fã dos filmes né?

Vamos ver o que este "Wolverine" vai virar.

Abraço!

 
At 4:17 AM, maio 02, 2009, Anonymous Wally said...

Tô com medo de Wolverine, mas gosto dos outros filmes dos X-MEN. O primeiro é bom, o segundo excelente e o terceiro tem ótimo roteiro e parte técnica bem memorável.

Ciao!

 
At 12:58 PM, maio 02, 2009, OpenID nitzombies said...

Eu não gostei dos filmes dos X-Men... acho que vou esperar o Wolwerine sair em DVD mesmo.

Agora... eu não entendo um ser humano como o Bret Rattner. Como alguém que faz um filme como Depois do Por do Sol pode fazer as bizarrices q ele já fez?

Abraço.

 
At 1:01 PM, maio 02, 2009, OpenID nitzombies said...

Meu caralho... confundi os filmes. De fato o Brett Ratner soh fez merda. Tirando o prision break. haha

 
At 3:44 PM, maio 02, 2009, Anonymous Rafael Moreira said...

Otávio, sou Wolverinenses, também, rsrs. Estou indo assistir o filme amanhão, mesmo com tanta opinião negativa. "X-men 2" eu considero um das melhores adaptações dos quadrinhos, colocaria até uma estrela à mais. O terceiro é o mais fraco, sem dúvida, há muitos personagens em cenas, Ratner não consegue dar conta e transforma Wolverine num personagem caricato. Hugh "Wolverine" Jackman é simplesmente espetacular...
Abraço!

 
At 4:42 PM, maio 02, 2009, Blogger Louis Vidovix said...

Gosto muito da trilogia X-Men e me lembrei dos filmes com carinho e saudade durante a sessão do fraquinho Wolverine - onde só Hugh Jackman se salva.

 
At 1:14 PM, maio 03, 2009, Blogger Pedro Henrique said...

A mulher azul mais bonita do mundo foi sensacional!

 
At 9:09 AM, maio 04, 2009, Anonymous Robson Santos Costa said...

Otávio. O filme é bom mas podia ser muuuuuito melhor. Infelizmne pra quem é fã das HQs mudam muita coisa. A Arma X (que dava um filme completo) dura só uns 10 minutos de cena. Nas HQs quando o Wolverine mata o pai com as garras de osso tal fato vira um trauma e ele, psicologicamente, retrai as garras e nunca mais as usa até quando é capturado (e não vai pq quer) pelo projeto Arma X. O Projeto é tão traumático (dura dias ou meses de tortura) que ele novamente coloca incoscientemete as garras pra fora e perde a memória pelo trauma do projeto e não por bala na cabeça. Acabaram com a psicolgia meio freudiana da coisa.
Outro detalhe: no filme o Wolverine apanha tanto antesde ter o esqueleto de adamantium que acho que nem fator de cura ia consertar tantos ossos quebrados.
No geral é um bom filme pena ter mudado tantos detalhes e ter um diretor tão clichê. Faltou coragem pra um filme mais adulto e sério.
ùltimo detalhe: a atriz que faz a namorada do Wolverine (a Raposa Prateada) é lindíssima de cair o queixo, qual é nome da beldade? Ela nem prcisava de poder mutante pra me mandar fazer qualquer coisa hehehehehhe

 
At 2:49 PM, maio 06, 2009, Blogger Mayara Bastos said...

Realmente, o mais fraco é "X-Men: O Confronto Final". Mas sobre o Wolverine, apesar de gostar bastante de Hugh, verei quando não estiver nada de bom no cinema. ;)

 

Postar um comentário

<< Home