sábado, setembro 06, 2008

Trovão Tropical


Se você ainda não viu Trovão Tropical (Tropic Thunder, 2008), alguém já deve ter contado que o filme dirigido por Ben Stiller é engraçado do começo ao fim e que Robert Downey Jr. rouba o show. Dos trailers falsos que abrem o longa até a última cena com Tom Cruise dançando (sim, ele está no filme), Trovão Tropical pode até não ser original, mas é a comédia mais inteligente do ano. E para aquele que não passar mal de rir em uma ou outra cena, aqui vai um recado: acho bom você procurar um médico urgentemente.

Aliás, a abertura ousada com os trailers falsos já dá o tom do filme - Trovão Tropical não é besteirol. Isso é comédia de situação. Com um roteiro esperto, Ben Stiller não quer zoar com os gêneros (como os filmes de guerra). Ele quer mesmo é criticar Hollywood e o circo erguido em torno deste universo à parte. Pensado por este lado, o cinema americano não recebe uma crítica tão ácida assim desde O Jogador, clássico moderno de Robert Altman (guardadas as devidas proporções, claro). Stiller não poupa a pressão e a desordem dos estúdios, as frescuras e os erros dos atores e como a mídia e o público vêem tudo isso. E pior: como a imprensa e o consumidor ajudam a deixar a qualidade do cinema em segundo plano. O estúdio lança uma bomba, o público compra a idéia, o que rende uma bela grana de volta para os cofres de Hollywood, a imprensa também compra a idéia e todos têm sua parcela de culpa neste círculo vicioso de idiotice.

Hoje, o que importa para a imprensa em geral é saber da vida pessoal das celebridades. O público também adora isso. E para quem realmente gasta dinheiro com cinema, Hollywood produz o mesmo filme de novo e de novo em formatos diferentes. Você sabe que o público-alvo dos estúdios vai ao cinema e é incapaz de interpretar um filme. Por isso, chega a ser compreensível que, diante de um nível acentuado de estupidez no ar, alguma mente pensadora em Hollywood iria criticar o sistema mais cedo ou mais tarde. Trovão Tropical é uma análise completa deste circo. Stiller não esquece que alguns atores do calibre de Joaquin Phoenix e Edward Norton poderiam brilhar em grandes papéis e grandes filmes, mas são obrigados a atuar em porcarias por pura sobrevivência artística. São atores que só podem lamentar por terem nascido na época errada e bem longe dos tempos de glória de gente talentosa como Al Pacino, Robert De Niro e Dustin Hoffman, que fazia filmes de verdade. Isso é Trovão Tropical.

Mas se o seu negócio é sentar, relaxar e gozar daquilo que se vê na tela para depois jogar tudo fora, como junkie food, Trovão Tropical não é pra você. Cara, desse jeito, você pode até ficar ofendido com o que é dito neste filme politicamente (in)correto. Ou seja, Trovão Tropical exige um pouquinho de Q.I., ok?

Em Trovão Tropical, os atores vividos por Ben Stiller, Jack Black e Robert Downey Jr. estão filmando um épico de guerra, mas acabam caindo num conflito real e sangrento. A intenção de Trovão Tropical é colocar os personagens reagindo às situações absurdas de forma séria, real. Porém, eu já soube de gente que reclamou do filme de Ben Stiller, porque entre uma cena de gargalhada e outra, temos uma história para acompanhar. Enfim, isso é sinal dos tempos. E essa é a piada de quase duas horas do filme, que gira em torno da crítica à indústria cinematográfica.

Um ponto interessante nesta cutucada geral é analisar o chefão do estúdio (um irreconhecível Tom Cruise) comandando seus filmes como se estivesse lucrando com uma guerra em outro país. Essa versão "E se George W. Bush trabalhasse em Hollywood?" faz com que Tom Cruise, inclusive, mande todos aqueles que duvidam de seu talento para o inferno. Aqui, Cruise, ri de si mesmo e mostra que não se importa se a mídia charlatã e manipuladora pensa que ele está nessa só pra enriquecer e sorrir para os flashes. Acho que Cruise ganhou um verdadeiro presente do amigo Ben Stiller.

Mas quem merece indicações a todos os prêmios é mesmo Robert Downey Jr., que viveu um 2008 magnífico. Depois do sucesso de Homem de Ferro, ele brilha no papel do ator Kirk Lazarus, que passa por um cirurgia de pele para interpretar um personagem negro. A atuação de Downey Jr. se destaca das demais por causa de sua extrema devoção a um ator fictício que se entrega totalmente a um personagem. Não é uma tarefa fácil. Downey Jr. não faz comédia gratuita, mas faz o público inteligente morrer de rir com aquilo que seu personagem considera ser a postura e o tom de voz de um negro. Fantástico! E Downey Jr., diferente de Ben Stiller e Jack Black, encaixa-se no perfil de atores mais sérios como Ed Norton e Joaquin Phoenix (como citei acima). É um detalhe que torna a sua performance ainda mais admirável.

Sei que já tivemos comédias semelhantes como Três Amigos e Heróis Fora de Órbita, mas Trovão Tropical é uma piada metalingüística inteligente como há muito não se vê. O filme dentro do filme não deixa de ser uma crítica à tendência e às manias incuráveis de Hollywood na hora de repetir seus sucessos. Os trailers falsos (já citados aqui) também têm a mesma intenção. Repare na prévia com Jack Black imitando o humor decadente e repetitivo de Eddie Murphy; e no segmento com Robert Downey Jr., que dá seqüência ao sucesso dos caubóis gays de Brokeback Mountain. É de chorar de rir! Preste atenção também na alegoria feita ao diretor estrangeiro, que tenta comandar uma produção americana de grande orçamento em vão, afinal o controle é do estúdio.

Enfim, Ben Stiller acertou desta vez. E não somente na direção das cenas de ação e na regência de seu elenco. Trovão Tropical tem um roteiro de primeira linha e ainda é um show de montagem, fotografia, som e maquiagem, além de apresentar uma ótima trilha escolhida a dedo. E como todo grande filme, Trovão Tropical possui uma cena inesquecível. Falo do diálogo (um dos melhores do ano) entre Downey Jr. e Stiller sobre o método de atuação "Never go full retard". Quase morri no cinema e não voltei pra contar.

Trovão Tropical (Tropic Thunder, 2008)
Direção: Ben Stiller
Roteiro: Ben Stiller, Justin Theroux e Etan Cohen
Elenco: Ben Stiller, Jack Black, Robert Downey Jr., Brandon T. Jackson, Steve Coogan, Nick Nolte, Matthew McConaughey, Tom Cruise, Jon Voight e Jennifer Love Hewitt

10 Comments:

At 8:53 PM, setembro 06, 2008, Blogger Rodrigo Fernandes said...

Que coisa não dava muito por esse filme, não... tinha visto pouca coisa esobre ele e achei meio exagerado, mais um besteirol feito pelos americanos... mas teu texto já me animou... olha como não devemos comprar um produto apenas pelo seu rótulo...
abraço!!!

 
At 9:32 PM, setembro 06, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Excelente crítica, excelente filme. Robert Downey Jr. rules! Se você ainda não viu, check this out: http://www.tropicthunder.com/ Abs.

 
At 10:29 PM, setembro 06, 2008, Blogger Pedro Henrique said...

Eu já disse que queria ver o tu ia dizer sobre o filme. Pelo jeito gostou. Mas por aqui não chegou nos cinemas.

Abraço. E agora são 6 pontos de diferença!!!

 
At 9:43 AM, setembro 07, 2008, Anonymous Vinícius P. said...

Já esperava que sua reação fosse favorável, mas não tanto! Ainda não vi "Trovão Tropical", mas fiquei mais ansioso agora. Muito bom saber que o filme não segue a linha besteirol, até porque o gênero precisava de algo novo em meio a tanta porcaria. Adorei também ver que Downey Jr. será um dos possíveis candidatos às principais premiações do ano - algo que já merecia por "Zodíaco". Abraço!

 
At 4:23 PM, setembro 07, 2008, Anonymous Kamila said...

Quero muito assistir este filme que, pela segunda semana consecutiva, fica longe de minha cidade! Adorei que você citou o Edward Norton no seu texto! :-)

Beijos!

 
At 6:36 PM, setembro 07, 2008, Blogger Cine Carranca said...

Olha, nao vi o filme ainda, nem sou muito ligado a comedia. Mas depois dessa sua resenha fiquei com vontade de ver!

abraços

 
At 10:13 PM, setembro 07, 2008, Blogger Gustavo H.R. said...

Ao contrário de grande parte das comédias, essa aparenta transbordar mordacidade. E, também, por Downey Jr., é claro, hei de seguir a recomendação!

 
At 3:01 AM, setembro 08, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Otávio, o que vc achou do trailer de Righteous Kill? Alguma coisa me pareceu estar errada com a história, parece não ter sido bem desenvolvida. Espero estar errado...

 
At 10:10 AM, setembro 09, 2008, Anonymous Robson Santos Costa said...

Eu ia ver amanhã mas saiu de quase todos os cinemas aqui do RJ. Soube que não fez sucesso por aqui. Só tá em cinema longe pra mim que não dá tempo de ir. Sacanagem, agora vou ver o Hellboy 2 mesmo.

 
At 10:10 AM, setembro 09, 2008, Anonymous Robson Santos Costa said...

Eu ia ver amanhã mas saiu de quase todos os cinemas aqui do RJ. Soube que não fez sucesso por aqui. Só tá em cinema longe pra mim que não dá tempo de ir. Sacanagem, agora vou ver o Hellboy 2 mesmo.

 

Postar um comentário

<< Home