segunda-feira, outubro 13, 2008

As Duas Faces da Lei

Pacino: "O que estamos fazendo aqui, meu amigo?"


Serei breve, ok? As Duas Faces da Lei (Righteous Kill, 2008) é um dos piores filmes do ano. Não falo isso somente pela decepção de ver uma dupla como Robert De Niro e Al Pacino pagando mico e contracenando num policial previsível, fraco, esquecível e recheado de clichês utilizados sem o mínimo de inteligência. Nós já sabíamos que o filme não seria grande coisa nas mãos de Jon Avnet, diretor que ainda está na estrada por causa do sucesso popular de Tomates Verdes Fritos, lá de 1991. Na verdade, a decepção existe porque De Niro e Pacino não têm uma cena sequer que justifique a contratação de dois dos maiores atores de todos os tempos.

Todo mundo diz que eles ligaram o "piloto automático" há tempos. Mas já repararam que Robert De Niro e Al Pacino só funcionam sob a direção de novos e velhos grandes nomes? Não, antes que você pense numa réplica, isso não acontece com todos os atores. Mas De Niro dá certo com Francis Ford Coppola (O Poderoso Chefão - Parte II), Martin Scorsese (vários), Michael Mann (Fogo Contra Fogo) e até em projetos bem-sucedidos do mediano Barry Levinson (Mera Coincidência) e da Dona Penny Marshall (Tempo de Despertar). Pacino, por sua vez, explode quando trabalha com Francis Ford Coppola (Trilogia O Poderoso Chefão), Michael Mann (Fogo Contra Fogo, O Informante), Sidney Lumet (Serpico, Um Dia de Cão) e em projetos bem-sucedidos de diretores razoáveis como Warren Beatty (Dick Tracy), Martin Brest (Perfume de Mulher) e Norman Jewison (Justiça Para Todos). Quando um diretor fraco embarca numa furada, Pacino e De Niro até encaram, afinal eles honram as calças que vestem, mas não estão nem aí. Isso é fato histórico.

Para mim, o erro é todo de Jon Avnet, que se deslumbrou com os dois atores e esqueceu de colocar a cabeça para trabalhar algo criativo e empolgante. Está certo que o roteiro "preguiçoso-que-pensa-ser-inteligente" de Russell Gerwitz, de Um Plano Perfeito, também não contribui, mas Avnet poderia ter compensado isso com as presenças de Robert De Niro e Al Pacino, que merecem respeito. Não posso execrar esses caras, que são nossos ídolos. Eu posso é descontar no diretor.

E não há mais o que ser dito sobre As Duas Faces da Lei. Ah, talvez só isso: Todas as porcarias feitas por De Niro e Pacino nos últimos anos são superiores ao filme do diretor de Tomates Verdes Fritos.

As Duas Faces da Lei (Righteous Kill, 2008)
Direção: Jon Avnet
Roteiro: Russell Gerwitz
Elenco: Robert De Niro, Al Pacino, 50 Cent, Carla Gugino, John Leguizamo, Donnie Wahlberg e Brian Dennehy

18 Comments:

At 8:09 PM, outubro 13, 2008, Blogger Kau said...

Hahahahahahahaha, Otávio. Até agora a maior nota que vi para este filme foi 5,5. É triste por que tem dois grandes atores no elenco. Ainda não vi, mas pelo o que dá pra entender, este filme prova que bons atores não são sinônimos de bons filmes.

Abs!

 
At 8:53 PM, outubro 13, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Enfim, uma crítica inteligente... Já estou pensando em deixar para o dvd. Abs.

 
At 9:18 PM, outubro 13, 2008, Blogger Alex Gonçalves said...

Otavio, acho que Robert De Niro e Al Pacino estão naquele instante da carreira que já não importa mais ganharem grandes destaques através de grandes desempenhos. Eu fico um pouco incomodado quando dizem que a carreira dos dois atores estão uma porcaria e etc. Eles já marcaram espaço na história do cinema e não tem mais nada o que provar. E, ainda assim, conseguem se destacar em muitos filmes recentes que participaram.

Mas por este "As Duas Faces da Lei" me aparentar ser um novo "88 Minutos" (filme anterior do Jon Avnet com Pacino como protagonista), deixarei para vê-lo no DVD.

P.S.: Gostaria de parabenizá-lo, mesmo que atrasado, pelos dois anos do Hollywoodiano.

 
At 9:29 PM, outubro 13, 2008, Anonymous O cara da Locadora said...

É uma pena, mas imagino que você esteja coberto de razão... Só para constar, também não gostei do Fogo contra Fogo, que você cita... (esse é aquele que os dois "contracenam"? ou eu to viajando)...

 
At 11:13 PM, outubro 13, 2008, Anonymous Kamila said...

Eu vou discordar de você num ponto: acho que Robert de Niro, Jon Avnet e Al Pacino fizeram o melhor que podiam. O que acaba com este filme é o roteiro, que é previsível demais!

 
At 12:45 AM, outubro 14, 2008, Blogger Pedro Henrique said...

Eu não vi o filme ainda, mas acho que a "culpa" pelo filme ser ruim é um pouco do público e, principalmente, da crítica. Toda a expectativa que recai sobre o filme acaba prejudicando. As platéias esperam um filmaço só pelos nomes da dupla, mas eles têm o direito de participarem de brincadeiras como essa... Me contradizendo, acho que não vou gostar do filme.

Abraço!

 
At 12:57 AM, outubro 14, 2008, Blogger Johnny Strangelove said...

Pena em ...
é aquela coisa ... se o resto não colabora ... o que nos resta?

Abraços amigo e veja lá a resposta ...

 
At 9:21 AM, outubro 14, 2008, Anonymous Robson Santos Costa said...

Uma pena o filme ser ruim. Acho que o último grande filme do Pacino que ele teve um bom papel foi o Advogado do Diabo. A cena final do discurso é 10. Já o Deniro nem lembro bem. Na comédia ele até fez uma coisa ou outra razoável.
Mesmo assim vou ver se vejo o filme por ser fã dos dois.

 
At 9:32 AM, outubro 14, 2008, Anonymous Robson Santos Costa said...

Agora meu sonho era ver um filme do Pacino e do Deniro realmente bom e direigido pelo Martin Scorcese com partipação do Joe Pesci pro saudosismo ser maior hehehe. O próximo Martin Scorcese poderia ser com eles.

 
At 3:26 PM, outubro 15, 2008, Blogger Museu do Cinema said...

Esses dois juntos agora só jogando golfe com Jack Nicholson!

 
At 4:13 PM, outubro 15, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

Ou numa espécie de COWBOYS DO ESPAÇO ou DOZE CONDENADOS reunindo Al Pacino, Robert De Niro, Jack Nicholson, Dustin Hoffman, Clint Eastwood, Gene Hackman, Robert Duvall...

 
At 4:35 PM, outubro 15, 2008, Blogger fabiana said...

Deu preguiça só de ver o cartaz...

 
At 4:41 PM, outubro 15, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Bueller... Bueller... Bueller
Anyone?

 
At 4:45 PM, outubro 15, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Anyone?... Anyone?... Anyone?

 
At 5:17 PM, outubro 15, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

What?

 
At 5:44 PM, outubro 15, 2008, Blogger contra-regra said...

Realmente, é uma bomba. Aquela brincadeira de mau gosto das poesias, então! foi a gota d'água. Mas Hollywood é assim mesmo: quando o contra-cheque é bom qualquer sacrifício vale a pena.

Mídia? Cultura?
http://robertoqueiroz.wordpress.com

 
At 10:37 AM, outubro 16, 2008, Anonymous Robson Santos Costa said...

Gostei dessa dos Doze Condenados Otávio hehehehe. Esse vai ser gravado daqui a alguns anos pra pagar o geriatra.

Mas falando sério: não custava nada também esses caras pegarem um roteiro melhor pra trabalhar...Põ eles não têm ninguém pra acessorar não...

 
At 8:47 AM, maio 10, 2009, Blogger Jhow Borgo said...

Cara vc vai me disculpar mais talves eh pq vc naum tev culhoes de prestar atençao no filme.... cara esse filme eh um filme otimo mto bom a nota dele naum pode ser dita de 1 - 10, vai me disculpar mas descontar no diretor naum eh mto justificado... a e pra q vc naum se pergunte qm sou eu pra estar aki te contrariando(se eu num for o unico)eh pq eu trabalho em uma Locadora ou seja, sou pago pra assistir filmes.. Vlw espero q preste mais antençao nos roteiros dos seus proximos filmes.. desculpa ai viu Critico do Oscar.. mais isso eh a minha opniao e de varios clientes q assistiram ao filme e aprovaram com 100% de satisfaçao sobre o filme..

 

Postar um comentário

<< Home