quarta-feira, novembro 21, 2007

A receita de Helena Bonham Carter

Ainda não sabemos se o musical Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet é tão bom quanto seus pôsteres. Tudo indica que sim. Ao lado, a inglesa Helena Bonham Carter ilustra uma das novas artes promocionais do aguardado filme de Tim Burton.

Em Sweeney Todd, Helena é Mrs. Lovett, a fiel ajudante do barbeiro vingador de Johnny Depp. Depois que Sweeney Todd mata seus clientes, a adorável moça pega os restos das vítimas para assar deliciosas tortas, que conquistam o povo londrino.

Alguns arriscam que Helena Bonham Carter será uma das cinco finalistas ao próximo Oscar de Melhor Atriz. Embora a francesa Marion Cotillard ainda seja barbada por sua impecável transformação em Piaf - Um Hino ao Amor, tem gente que aposta numa virada espetacular de Helena Bonham Carter.

Julie Christie, por Away From Her, Ellen Page, por Juno, Keira Knightley, por Desejo e Reparação, e Angelina Jolie, por O Preço da Coragem, são outras fortes concorrentes.

Se o Oscar quer ser visto como um prêmio justo, acho muito difícil alguém superar o nível alcançado por Marion Cotillard neste ano. De qualquer forma, com ou sem estatueta, Helena Bonham Carter é uma atriz talentosa, e como todo grande nome do cinema, ela só precisa de um único papel marcante para colocar seu nome na história. Talvez, esse reconhecimento venha com Mrs. Lovett.

Aos 41 anos, Helena já foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz por Asas do Amor. Perdeu para a Helen Hunt de Melhor é Impossível. Em 2001, iniciou uma parceria dentro e fora das telas com o noivo Tim Burton. O casal colaborou em filmes como Planeta dos Macacos, Peixe Grande e A Fantástica Fábrica de Chocolate. E eu disse ali no alto, que a Mrs. Lovett, de Sweeney Todd tem tudo para marcar sua carreira, mas é inevitável: uma geração inteira irá lembrar de Helena Bonham Carter como a bruxa Bellatrix Lestrange, de Harry Potter e a Ordem da Fênix, além dos episódios que estão por vir O Enigma do Príncipe e As Relíquias da Morte. Enfim, o tempo dirá. Sweeney Todd estréia em 8 de fevereiro no Brasil.

5 Comments:

At 10:43 PM, novembro 21, 2007, Anonymous Wally - Cine Vita said...

Estou louco para ver esse filme e sempre adorei Helena Bonham Carter. Até no fraco Planeta dos Macacos ela me conquistou completamente. Acho que Carter é do típo de talento maravilhoso mas que dificilmente será reconhecido pelo Oscar, justamente por sempre se limitar à pequenos papeis, mesmo que estes sejam marcantes. Ele não tem o respeito de Judi Dench, pelo menos não ainda. Torço por ela, mas primeiramente, torço por Marion Cottilard, a melhor performance do ano.

Ciao!

 
At 1:43 AM, novembro 22, 2007, Anonymous Luciano Lima said...

Comecei a adorar Helena pelo papel em Clube da Luta. Adorava aquele estilo desligado, frio e ao mesmo tempo frágil que ela deu pra personagem.

 
At 12:26 PM, novembro 22, 2007, Blogger Romulo Silva said...

Ela já teve o papel de sua vida. O problema é que muito destaque é dado (e com razões óbvias) ao Norton e ao Pitt, mas a Marla Singer de Helena é insuperável.

 
At 4:15 PM, novembro 22, 2007, Blogger Kamila said...

Gosto da Helena Bonham Carter e acho que ela forma um casal perfeito com Tim Burton. Ele adora colocar suas musas nos seus filmes (o mesmo acontecia com aquela ex-namorada dele). Mas, por enquanto, duvido que ela seja indicada ao Oscar.

 
At 10:20 PM, novembro 22, 2007, Anonymous Vinícius P. said...

Para mim ela merecia o Oscar na primeira indicação que teve, estava bem melhor que a Helen Hunt. Nesse ano, acho difícil chegar novamente à premiação, se bem que todos estão adorando "Sweeney Todd" e isso pode contribuir para uma nomeação. De qualquer forma, estou mais ansioso por sua participação nos próximos episódios de "Harry Potter".

 

Postar um comentário

<< Home