quarta-feira, março 26, 2008

Nada se cria, tudo se copia


Ainda sobre o post dedicado às adoráveis refilmagens, eu gostaria de relembrar outras "alternativas" de Hollywood para seguir a linha de um sucesso sem filmar o mesmo roteiro:

Monstro gigante solto na cidade
King Kong, Godzilla, Querida, Estiquei o Bebê, Cloverfield

Invasão alienígena
Guerra dos Mundos, Independence Day, Marte Ataca

Adaptação de séries de TV
Os Intocáveis, O Fugitivo, Missão Impossível, As Panteras

Assassino de adolescentes
Jason Vorhees, de Sexta-Feira 13 - Parte II em diante (no 1 é a mãe dele), Leatherface, em O Massacre da Serra Elétrica, Freddy Krueger, em A Hora do Pesadelo, o mascarado de Pânico, o tiozinho do gancho, em Eu Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado, Jigsaw (mata adultos também), em Jogos Mortais

Serial killers intelectuais
Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), em O Silêncio dos Inocentes, e John Doe (Kevin Spacey), em Seven. Temos outros dois nos primos pobres Copycat e O Colecionador de Ossos, mas quem se lembra?

Filme de guerra realista
O Resgate do Soldado Ryan, Falcão Negro em Perigo, Fomos Heróis

Biografia de músicos famosos
Jerry Lee Lewis (Dennis Quaid), em A Fera do Rock, Ritchie Valens (Lou Diamond Phillips), em La Bamba, Charlie Parker (Forest Whitaker), em Bird, Jim Morrison (Val Kilmer), em The Doors, Ray Charles (Jamie Foxx), em Ray, Johnny Cash (Joaquin Phoenix), em Johnny & June

Romance durante tragédia histórica
Titanic, Pearl Harbor

O aventureiro
Indiana Jones (Harrison Ford), em Os Caçadores da Arca Perdida, Jack Colton (Michael Douglas), em Tudo por uma Esmeralda, Allan Quatermain (Richard Chamberlain), em As Minas do Rei Salomão, Rick O' Connell (Brendan Fraser), em A Múmia, Dirk Pitt (Matthew McConaughey), em Sahara

Parceiros policiais que implicam um com o outro
Nick Nolte e Eddie Murphy, em 48 Horas, Mel Gibson e Danny Glover, em Máquina Mortífera, Jackie Chan e Chris Tucker, em A Hora do Rush

Um único homem contra um ou mais terroristas em algum lugar
Bruce Willis, em Duro de Matar, Steven Seagal, em A Força em Alerta, Keanu Reeves, em Velocidade Máxima, Nicolas Cage, em A Rocha (se bem que ele tem a ajuda preciosa de Sean Connery)

O exército de um homem só
Sylvester Stallone, em Rambo, Chuck Norris, em Braddock, Arnold Schwarzenegger, em Comando Para Matar

O revolucionário
T.E. Lawrence (Peter O' Toole), em Lawrence da Arábia, John Dunbar (Kevin Costner), em Dança Com Lobos, William Wallace (Mel Gibson), em Coração Valente, Maximus (Russell Crowe), em Gladiador, Leônidas (Gerard Butler), em 300

Adaptação de histórias em quadrinhos
Superman, Batman, Homem-Aranha, X-Men, Quarteto Fantástico, Hulk, Homem de Ferro, etc

Adaptação de livros de fantasia
O Senhor dos Anéis, Harry Potter, As Crônicas de Nárnia, Stardust (graphic novel), As Crônicas de Spiderwick, etc

Obrigado, professor
Sidney Poitier, em Ao Mestre, Com Carinho, Robin Williams, em Sociedade dos Poetas Mortos, Michelle Pfeiffer, em Mentes Perigosas, Hilary Swank, em Escritores da Liberdade

A África dos meus pesadelos

Um Grito de Liberdade, Hotel Ruanda, O Jardineiro Fiel, Diamante de Sangue

São apenas alguns temas para não ficar o dia todo. E nem citei os filhotes de Alien - O Oitavo Passageiro e O Sexto Sentido. Nem sempre a repetição dá certo, mas prefiro isso ao remake anunciado de Os Pássaros.

Outro bom exemplo (e mais recente) é o que Ben Stiller está fazendo. Veja abaixo.


Três Amigos
(1986), de John Landis: Steve Martin, Chevy Chase e Martin Short são os astros de Três Amigos, uma série do cinema mudo. Eles são chamados pelo povo de Santo Poco, no México, para salvar a cidadezinha da tirania do vilão El Guapo (Alfonso Arau). Os imbecis aceitam a missão e pensam que tudo não passa de um filme. Dou risada até hoje da "saudação" dos Três Amigos e do trio cantando My Little Buttercup.



Heróis Fora de Órbita
(1999), de Dean Parisot: Tim Allen, Alan Rickman, Sigourney Weaver e Tony Shalhoub são astros da série de TV Galaxy Quest ("levemente" inspirada em Jornada nas Estrelas). O problema é que alienígenas pensam que eles são heróis de verdade. O elenco é raptado e levado para uma outra galáxia para salvar os ETs bonzinhos de outros malvados. Também é engraçadíssimo. Especialmente para os fãs de Star Trek.



Tropic Thunder (2008), de Ben Stiller: Robert Downey Jr., Jack Black e Ben Stiller são atores profissionais nas filmagens do épico de guerra mais caro da história do cinema. De repente, eles são colocados no meio de uma guerra de verdade. Os paspalhões pensam que ainda estão no filme. Bobagem que promete. Estréia prevista para agosto.

13 Comments:

At 11:45 PM, março 26, 2008, Anonymous Vinícius P. said...

Engraçado que a qualidade dos projetos vai diminuindo a medida de um novo projeto - com raras exceções. Fiquei interessado nesse "Tropic Thunder" depois que você comentou aqui no blog, parece ser uma boa comédia.

 
At 12:49 AM, março 27, 2008, Anonymous Wally said...

Apesar de não gostar de Stiller, também to interessado em Tropic Thunder, que tem Downey Jr. e Black para compensar.

Seu post reflete bem a decadência e a repetição de vários temas que Hollywood tanto adora.

Ciao!

 
At 8:56 AM, março 27, 2008, Blogger Pedro Henrique said...

Tudo que podia ser feito no cinema, já foi feito, tudo que vemos a partir de agora é cópia, direta ou indiretamente. São raros os que fogem essa regra.

 
At 11:21 AM, março 27, 2008, Blogger Museu do Cinema said...

Muito bom Otávio, em Hollywood é tudo assim mesmo, vamos copiando atá as vacas no pasto começarem a chiar.

 
At 12:50 PM, março 27, 2008, Blogger Marcus Vinícius said...

Tiozinho do gancho foi foda demais, hehehe.

Não digo que não seja cópia, apenas diferente, mas pra mim o novo horizonte cinematográfico aponta pra Ásia. Os Miike's e Chan-Wook Park's da vida ainda tem muita bala na agulha.

Abraços!

 
At 3:16 PM, março 27, 2008, Blogger Victor Nassar said...

Grande post Otávio!
Não sei você conhece, mas tem um livro chamado "Story", de Robert McKee, que em determinado momento fala exatamente sobre isso. Compara determinados tipos de "roteiros possíveis" já feitos, em que "Alien" por exemplo, nada mais é que "Tubarão" em uma nave espacial, "De repente 30" é um "Quero ser grande" para meninas, hehe. Bem nisso!

 
At 3:25 PM, março 27, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

É... e alguns dizem que TUBARÃO segue a linha de OS PÁSSAROS.

Abs1

 
At 3:31 PM, março 27, 2008, Blogger Kamila said...

Otavio, esse post ficou maravilhoso!

Nesse estilo de "Tropic Thunder", ainda tem "Hora do Show", filme satírico dirigido por Spike Lee, em que dois comediantes negros criam um show humorístico para brincar com o preconceito racial. O interessante é que eles usam uma maquiagem branca fortíssima para cobrir o tom da pele deles. Já assistiu?

Beijos.

 
At 4:25 PM, março 27, 2008, Blogger Romeika said...

Faz tempo que vi "Herois Fora de Orbita", lembro que achei hilario.. "A Africa dos Meus Pesadelos" foi otimo, mas eh verdade. Mas pelo menos "O Jardineiro Fiel" foi um filme excelente.

 
At 5:45 PM, março 27, 2008, Blogger fabiana said...

A minas do rei salomão é a pior adaptação de filmes de arqueologia, ever! Em compensação, Brendan Fraser segurou bem a onda em A Múmia e O retorno da Múmia, é uma pena que insistem em uma continuação em plena volta de Indiana Jones.

Keanu Reeves e Bruce Willis são do tipo: 'vou ao cinema assistir um filme deles mesmo sabendo que é uma porcaria'. 'Adoro-lhos'!

Eu acho que Senhor dos Anéis e Crônicas de qualquer coisa são sempre o mesmo filme. Sorry!

 
At 7:17 PM, março 27, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

Obrigado, Kamila! Mas ainda não vi esse do Spike Lee. Valeu pela dica!

Romeika, eu quis dizer que os temas são pesados. Adoro O JARDINEIRO FIEL, UM GRITO DE LIBERDADE e HOTEL RUANDA. Nem tanto de DIAMANTE DE SANGUE.

Fabiana, o diretor de A MÚMIA 3 anda dizendo que o filme está sensacional...

Bjs!

 
At 3:40 PM, março 28, 2008, Blogger Romeika said...

Eu entendi Otavio, apenas quis dizer que achei legal a expressao que vc usou.

 
At 11:46 PM, março 31, 2008, Blogger Flávia said...

Adorei esse post!

Bjs!

 

Postar um comentário

<< Home