domingo, abril 06, 2008

Charlton Heston, o maior

(1924-2008)


Nas telas, Charlton Heston foi um dos maiores. Fora delas, uma figura polêmica, discutível. Em sua profissão, ficou marcado por épicos gigantescos da era de ouro de Hollywood como Ben-Hur, Os Dez Mandamentos, El Cid e Agonia e Êxtase, além de filmes fantásticos como Planeta dos Macacos, A Última Esperança da Terra e Terremoto.

Heston fez filmes maiores do que a vida e foi um dos grandes astros do cinema. Apesar de sua eterna ligação a personagens históricos, ele protagonizou um dos melhores filmes de Orson Welles, o noir A Marca da Maldade - para mim, o maior do diretor de Cidadão Kane. Também gosto muito de um filme que ele fez com Cecil B. DeMille, que muita gente odeia: O Maior Espetáculo da Terra.

Como fã dos livros de O Senhor dos Anéis, sempre imaginei Charlton Heston como o mago Gandalf. Achava que seria legal convidá-lo para o filme, por sua imagem ligada a épicos. Enfim, o diretor Peter Jackson quis Sean Connery, mas ficou com Ian McKellen, que fez um trabalho extraordinário e tornou impossível pensar em qualquer outro ator como Gandalf.

Quando penso no ator, mesmo com tantos filmes num currículo espetacular, lembro de duas cenas magníficas: a última de Planeta dos Macacos e a fantástica corrida de bigas, em Ben-Hur. O épico de William Wyler é um dos maiores do cinema. Foi feito na marra, sem a facilidade dos efeitos digitais de hoje. Até hoje, Ben-Hur impressiona e é referência.

Hoje, o cinema amanheceu triste. Na verdade, o ano está difícil. Heath Ledger, Anthony Minghella, Roy Scheider e, agora, Charlton Heston. Não tive idade para ver Heston nos cinemas, mas ele foi um dos meus heróis nas telas. Quando vi Gladiador, disse ao meu pai o quanto eu estava impressionado com o filme e a atuação de Russell Crowe. Na hora, ele respondeu com perguntas: "Você já viu Spartacus, com Kirk Douglas? Ou Ben-Hur, com Charlton Heston?" Ele tinha razão.

15 Comments:

At 3:15 PM, abril 06, 2008, Blogger Kamila said...

O ano está muito difícil mesmo.

Apesar de discordar de algumas opiniões do Charlton Heston, especialmente no que diz respeito ao porte de armas, não dá para negar a importância que ele teve para o cinema.

Beijos e bom domingo!

 
At 3:18 PM, abril 06, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

É, Kamila! Também não concordava com as idéias dele.

Mas voltando ao meu post sobre THE ROLLING STONES - SHINE A LIGHT, acho que o importante numa figura assim é a arte. E o que Charlton Heston nos deu é digno de muito estudo e admiração.

Bjs! Bom domingo!

 
At 4:35 PM, abril 06, 2008, Blogger Wiliam Domingos said...

Teu paizão disse tudo...

Ben-Hur mostra Heston como uma identidade!
Abraço!

 
At 4:40 PM, abril 06, 2008, Blogger Kamila said...

Otavio, isso é verdade. No final, a arte sobrevive e a filmografia de Charlton Heston, como você mesmo disse, é digna de muito estudo e admiração.

Beijos.

 
At 6:06 PM, abril 06, 2008, Blogger Weiner said...

O fato de Heston ter sido polêmico não faz ele ser menos brilhante como ator, é essa a verdade. Adoro "Ben-Hur" - e estou à procura de "O Planeta dos Macacos" para comprar - pois o adoro também. Entre os artistas que deram rosto ao cinema, Heston tem seu lugar bem guardado.
Estou triste, mas felicita-me que ele tenha partido de maneira tranquila - perto de sua família e distante de aborrecimentos (como Ledger, por exemplo).
Belo texto.
Abraço!

 
At 6:12 PM, abril 06, 2008, Blogger Museu do Cinema said...

Charlton Helston morreu? Não sabia!

 
At 10:22 PM, abril 06, 2008, Blogger Daniel Sanchez said...

Foi tarde...

 
At 10:39 PM, abril 06, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Esse é o ano de grandes perdas o cinema, mesmo que o Charlton Heston não fizesse mais filmes, mas o seu passado e currículo é inegável. Não confundir carreira com o plano pessoal, pois como ser humano ele era complexo (e que grande ator não é?) e foi um dos primeiros atores de grande visibilidade que lutaram contra o racismo e por maiores direitos aos negros, sendo grande admirador de Martin Luther King. Quem vive no sistema americano sabe bem a diferença que é carregar uma arma e isso é uma tradição do povo americano, onde em certas regiões a caça é um esporte. Coisa que no Brasil só bandido e polícia ( na sua maioria) usa. Além disso, que tradição de guerra temos? Nenhuma!

 
At 12:22 AM, abril 07, 2008, Anonymous Vinícius P. said...

Bem, como disse num comentário no blog, não era nem um pouco fã do ator, especialmente por suas opiniões equivocadas em relação a muitos assuntos. A única coisa de bom que via nele era mesmo o seu trabalho nesses excelentes filmes, especialmente "Ben-Hur", um dos meus preferidos em todos os tempos.

 
At 4:36 AM, abril 07, 2008, Blogger Gardagami said...

See Please Here

 
At 10:22 AM, abril 07, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

Kamila, é isso aí.

Weiner, eu tenho os dois DVDs. Os extras de O PLANETA DOS MACACOS são sensacionais.

Sim, Cassiano! Como Elvis, ele voltou ao planeta dele.

Vinicius, acho que a obra basta. E que obra!

Abs!

 
At 10:31 AM, abril 07, 2008, Blogger Johnny Strangelove said...

o homi morreu ...
PORRRRAAAAAAA

e seu pai tem realmente razão ... Ben Hur é o unico e verdadeiro filme que ganhou os 11 Oscars e infelizmente o dia nasceu muito triste mesmo ...
vamos passar um sal no ano que tá triste ...

 
At 12:05 PM, abril 07, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Otávio, ontem preenchi uma lacuna grave e assisti "Casa de Areia e Névoa". Vc já deve ter assitido, não? Que final é aquele? Maravilhoso! Recomendo e muito. Abs.

 
At 12:35 PM, abril 07, 2008, Anonymous Wally said...

Ben-Hur é sensacional! Do típo de filme que eu queria ter vistos nos cinemas, mas aí só Deus. De Heston eu vi poucos, mas do pouco é fácil identificar que trata-se de um estupendo ator. Mas todo mundo que viu Tiros em Columbine guardo certo rancor contra ele. Mas águas passadas, e é triste perder MAIS um talento do cinema. Tenho medo de quando chegarmos ao final do ano.

Ciao!

 
At 5:49 PM, abril 07, 2008, Blogger Pedro Henrique said...

Eu não gostava da pessoa Heston mas adorava o Heston ator...pena...

Abraço!!

 

Postar um comentário

<< Home