quarta-feira, maio 14, 2008

Entre vaias e aplausos

Começou hoje o festival de cinema mais charmoso (e exigente) do mundo. Em sua 61ª edição, o Festival de Cannes vai até o dia 25 de maio.

E quando digo "exigente", o adjetivo beira a falta de educação mesmo. As sessões em Cannes terminam com longos aplausos ou demoradas e barulhentas vaias. Ser fino não significa ter educação ou respeito. Portanto, boa sorte aos artistas que colocaram seus trabalhos neste vespeiro.

Na disputa pela Palma de Ouro, temos 22 filmes. Destaque para Che, de Steven Soderbergh, The Changeling, de Clint Eastwood, Synecdoche, New York, de Charlie Kaufman, Two Lovers, de James Gray, Palermo Shooting, de Wim Wenders, Adoration, de Atom Egoyan, Linha de Passe, de Walter Salles e Daniela Thomas, e Blindness, de Fernando Meirelles, que abriu o festival e dividiu a crítica.

Fora de competição, a Croisette está de olho em Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen, e Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, de Steven Spielberg. Aliás, essa será a primeira exibição da quarta aventura de Indy. A sessão acontece no dia 18. Tenho contatos fiéis garantindo que os textos publicados em sites e blogs - incluindo uma crítica positiva da revista Playboy - são obras de farsantes. Enfim, o primeiro veredicto sai neste domingo.

Também fora de competição, destaque para Maradona by Kusturica, o documentário do diretor Emir Kusturica sobre o craque argentino. Outro título que chama a atenção é Surveillance, de Jennifer Lynch, filha do cineasta de Veludo Azul e Mulholland Drive. Mas essa não é a sua estréia. Jennifer é a responsável por um dos clássicos da ruindade dos anos 1990: Encaixotando Helena.

O próprio David Lynch é o autor da foto do pôster oficial do festival. A arte, no entanto, tem a assinatura de Pierre Collier. O júri é presidido pelo ator e diretor Sean Penn.

Obs: Meu amigo Vinicius Pereira cobre todo o festival no Blog do Vinicius.

3 Comments:

At 3:27 PM, maio 14, 2008, Blogger Kamila said...

A estréia de "Blindness" já aconteceu, mas estou aguardando com ansiedade as reações para "Changeling", "Che" e "Linha de Passe".

Beijos!

 
At 4:13 PM, maio 14, 2008, Blogger Pedro Henrique said...

Também não gosto muito desse festival, mas é sempre bom ler as besteiras que a crítica escreve sobre os filmes nele apresentados.

Abraço!

 
At 6:05 PM, maio 14, 2008, Anonymous Vinícius P. said...

Pois é, Cannes é um Festival de reações ao extremo, o chamado "ame ou odeie". No caso de "Blindness" ocorreu uma reação diferente, já que a maioria ficou indiferente - o que indica que não gostaram ou simplesmente têm que pensar para chegar a uma conclusão. De qualquer forma, ainda temos "Linha de Passe" e espero que a participação brasileira no Festival seja marcante. Abraço!

Valeu pelo link ;-)

 

Postar um comentário

<< Home