quarta-feira, maio 14, 2008

Fernando Meirelles e o reino da crítica de cristal


Na abertura do Festival de Cannes, o diretor Fernando Meirelles posou para fotos ao lado do elenco de Blindness: Yoshino Kimura, Alice Braga, Don McKellar, Julianne Moore, Danny Glover e Gael Garcia Bernal.

Apesar da recepção calorosa dos fotógrafos, Meirelles recebeu críticas frias pelo filme. Os poucos elogios não foram assim tão empolgantes. Ninguém achou Blindness maravilhoso.

Na verdade, minha opinião jamais é afetada pelas resenhas dos críticos especializados. Mas me preocupo por Fernando Meirelles, que é um cineasta talentoso e não merece iniciar a divulgação de seu filme dessa maneira.

Acho que a exposição de Cannes é exageradamente visceral. Quando um filme detonado na Croisette chega ao Brasil, muitos vão aos cinemas com o pé atrás. Não falo da crítica em geral. Ela sempre existirá. Isso é óbvio. Só penso que Cannes não respeita o cinéfilo, que aguarda ansiosamente por alguns títulos que serão exibidos pela primeira vez neste festival. Como Cannes acontece sempre no início do ano, os filmes são distribuídos pelo mundo com as opiniões de quem esteve presente no festival. É um perigo.

Veja o caso de Onde os Fracos Não têm Vez, por exemplo. Exibido em Cannes no ano passado, o filme dos Irmãos Coen não levou nada. Muitos críticos desdenharam dos cineastas pelo fato de terem saído de mãos vazias. Li comentários do tipo. Mas o que aconteceu depois? O filme chegou ao resto do mundo e ganhou mil elogios, além de quatro Oscars. O cinema existe para o público. Não para a crítica.

A impressão é que Cannes é um lugar de donos de verdades absolutas ou dos reis da cocada preta. Eu não acredito tanto assim nos comentários gerais de Cannes. E você?

9 Comments:

At 10:06 PM, maio 14, 2008, Anonymous O cara da locadora said...

Pois é, à princípio eu não sei nada sobre o "Cegueira" mas por ser do Meirelles eu já fico do lado dele, rs... E você tá mais do que certo, passou da hora dos engomadinhos de Cannes pararem de ser chatos e começarem a ver os filmes do jeito que eles são e não morrendo de inveja de não terem sido eles a terem feito...

 
At 11:26 PM, maio 14, 2008, Anonymous Vinícius P. said...

Otavio, de certa forma concordo com sua opinião, mas não quando cita "Onde os Fracos Não Têm Vez" como exemplo. O filme teve uma excelente recepção em Cannes e muitos críticos davam certo a vitória do filme, mas não o júri. É claro que não irei basear minha opinião pelo que é dito em Cannes e de forma alguma minha ansiedade pelo filme diminuiu, mas acho importante a presença de Festivais até para sair do típico esquema hollywoodiano. Abraço!

 
At 12:43 AM, maio 15, 2008, Blogger Romulo Silva said...

Confesso que não vejo muito os filmes célebres de Cannes. Mas um que eu não me conformo com a recepção que teve nesse festival foi Fonte da vida.

Não entendo como o povo vaiou.

 
At 11:24 AM, maio 15, 2008, Blogger Cecilia Barroso said...

A impressão que eu tenho é a de que Meirelles já estava preparado para esta reação da crítica. Ele inclusive previu que seria assim e chegou a questionar a escolha do filme apara a abertura do festival.
Estou esperando ansiosa pela estréia no Brasil.

 
At 11:32 AM, maio 15, 2008, Blogger Pedro Henrique said...

Nem tenho o comentar, "O cinema existe para o público. Não para a crítica".

Sou, também, um desacreditador de Cannes!!!

 
At 12:32 PM, maio 15, 2008, Blogger Robson Saldanha said...

"O cinema existe para o público. Não para a crítica."

Falou e disse. Há quem odeie Cannes e fiquei desapontando com essa primeira impressão que fizeram do trabalho de Meirelles, se formos nos basear em suas últimas obras, essa daí também promete. Ontem, ele falou ao Jornal da Globo que existem críticas e críticas e que eles espera mais a ruins do que as boas.

Concordo, só assim um diretor pode crescer mais!

 
At 12:39 PM, maio 15, 2008, Blogger Marcus Vinícius said...

Pau nos críticos chatos!
*copiado de qualquer torcida de futebol

O bom de Cannes é que é a estréia de muita coisa boa e esse ano não é diferente.

Abraços!

 
At 1:12 PM, maio 15, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

A crítica foi fria, mas os convidados gostaram. Como digo no post acima.

Abs!

 
At 3:45 PM, maio 15, 2008, Blogger Kamila said...

Eu também não acredito muito nas reações de Cannes, Otavio. Este é somente o primeiro festival importante do ano e Cannes perdeu muito de sua importância. Quando eu quero ter uma opinião relevante mesmo, procuro ver o que dizem a respeito dos filmes que estão no TIFF - Toronto International Film Festival, por exemplo.

Beijos!

 

Postar um comentário

<< Home