terça-feira, agosto 19, 2008

Eu gosto mesmo é de cinema

Mas bons tempos foram aqueles em que Dunga
era conhecido somente como um dos Sete Anões...

13 Comments:

At 7:21 PM, agosto 19, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Boa!!!

 
At 7:21 PM, agosto 19, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Boa!!!

 
At 7:47 PM, agosto 19, 2008, Blogger Cine Carranca said...

Hahaha!!

 
At 8:57 PM, agosto 19, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Otávio, já que vc gosta mais de cinema, vamos mudar de assunto. Esses dias revi JFK e certamente mudaria minha lista para colocá-lo entre os melhores da década de 90. O que vc acha desse filme?

 
At 9:00 PM, agosto 19, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

Gente, pode xingar e reclamar a vontade! 3 a 0 foi demais! E esse espaço é seu!

Denis, eu acho que JFK é o melhor filme do Oliver Stone. Aquela montagem esquizofrênica que ele inventou para este filme é algo a ser estudado. Pena que ele foi consumido pela própria loucura e montou seus filmes seguintes da mesma forma, mas sem a necessidade narrativa que ele provou ter em JFK.

Abs!

 
At 10:17 PM, agosto 19, 2008, Anonymous Kamila said...

Se o problema fosse só o Dunga....... Os jogadores também merecem uma boa parcela de culpa. Jogaram mal e ainda não souberam perder! Pelo menos, não foram na TV ficar chorando e pedindo desculpas para o Brasil! Neste caso, ninguém iria acreditar mesmo.

Beijos!

 
At 10:18 PM, agosto 19, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Otávio, concordo com você que a montagem de JFK é esquizofrênica e brilhante e mexeu muito com Oliver Stone, pois ele nunca mais fez nada igual. Poucos filmes americanos atingiram uma estrutura tão complexa sem ser chato e mesmo com uma longa duração ( a versão que recomendo é a do diretor, com 206 minutos) o filme te prende do começo ao fim. É uma realização formidável em vários aspectos e a direção é espetacular, coisa de gênio mesmo. Poucas pessoas teriam a capacidade de Stone de ter lidado com tantos elementos que poderiam sair de sincronia. Como os americanos dizem: storytelling at its best.

 
At 10:28 PM, agosto 19, 2008, Blogger Otavio Almeida said...

Kamila, na verdade, ele não é técnico. Teve sua importância como jogador. Mas não é técnico. Até o Caio Jr. tem mais experiência. Isso é invenção da CBF. E acho que os jogadores (a maioria) não têm identificação com a camisa. Jogar na Seleção ou no Ipatinga tem o mesmo peso. Bjs!

Denis, é isso aí. E o Kevin Costner só acertava naquela época. Abs!

 
At 1:05 AM, agosto 20, 2008, Anonymous Wally said...

Hahahha, não entendo nada de futebol, mas seu post ta genial!

;)

Ciao!

 
At 9:23 AM, agosto 20, 2008, Anonymous Robson Santos Costa said...

Até acho que o time jogou bem no primeiro tempo e até o momento que teve o gol anulado. Mas depois me decpcionei mais com a instabilidade emocial e a falta de espírito esportivo do time do que pela derrota em si. Ficaram todos nervosinhos, começaram a bater de forma séria...não são profissionais não pô. Se não fosse isso até que teria sido uma derrota honrada. E a Argentina jogou muito, com um esquema de defesa que anulou o Brasil.

 
At 11:03 AM, agosto 20, 2008, Blogger Marcus Vinícius said...

Seleção amarela sempre em Olimpíadas. Álias, que desempenho mais fraco do país, a gente tá atrás até do Azerbaijão. Esperar que o vôlei salve um pouco e Marta e cia. Já no fut. masc.... esse ouro vai demorar mais um vinte anos pra vir, se vier. O importante é que quinta o líder joga, é sempre complicado lá no Rio mas vamos com tudo pra cima! =P

Isso aí meu amigo, daqui uns dias estamos de volta, definitivamente, só passar uma provinha encardida.
Forte abraço, mas quinta dá Grêmio! =D

 
At 1:15 PM, agosto 20, 2008, Anonymous Denis Torres said...

Na quinta dá Flamengo!!! Otávio, que seu time faça a lição de casa e não entregue o caneco de mão beijada, pelo amor de Deus!

 
At 5:59 PM, agosto 20, 2008, Blogger Pedro Henrique said...

Era óbvio que o Brasil não iria ganhar. O Messi e o Riquelme jogam com muito mais "amor a camisa" do que o R. Gaúcho e o Diego. Mas não foi por isso que o Brasil perdeu. O problema é que o Brasil respeita demais a Argentina e eles não respeitam o Brasil. Eles vieram pra cima e nós nos encolhemos. Particularmente, achei uma vergonha!

Abraço!!!

 

Postar um comentário

<< Home